Blog

SEU PET TAMBÉM MERECE O MELHOR!

05/09/2019 Voltar às notícias

5 motivos para ter um animal de estimação em casa

A decisão de ter um animalzinho em casa para trazer mais alegria para a família nem sempre é fácil. Às vezes, esse desejo perdura por anos, pois são muitos pontos a se levar em consideração.

Porém, você sabia que é cientificamente comprovado que ter um pet em casa traz diversos benefícios para a saúde? Além disso, um animal pode colaborar para um melhor desenvolvimento das crianças.

Confira alguns motivos, segundo a ciência, para levar um animalzinho de estimação para a casa.

Você e sua família ficam menos doentes

A humanidade é obcecada por limpeza e eliminação de germes. No entanto, essa desinfecção exagerada está nos tornando mais doentes. Como nosso corpo é exposto a menos germes, todo o nosso microbioma está desajustado. Cientistas afirmam que ter um animal de estimação significa que bactérias mais diversas entrarão na casa, aumentando a resistência dos moradores. Assim, pessoas com pets parecem adoecer com menos frequência e com menor gravidade do que as pessoas – especialmente crianças – sem animais.

Pets ajudam a baixar a pressão arterial

Estar perto de um animal de estimação, fazer carinho nele ou simplesmente observá-lo, seja no aquário ou no canil, ajuda a relaxar. Esse efeito relaxante diminui a frequência cardíaca e a pressão sanguínea. Portanto, pesquisadores concluíram que pessoas com animais de estimação têm níveis mais baixos de pressão arterial em comparação com pessoas sem animais de estimação.

 Você se sente mais feliz

Animais de estimação são o antídoto contra o estresse. Quem tem um bichinho em casa está menos propenso à depressão e ansiedade. Cientistas avaliaram que o impacto de um animal no combate ao estresse é maior do que impacto que o cônjuge ou a família causa. As pessoas sentem um maior bem-estar e criam mais autoconfiança quando têm animais de estimação para cuidar. Além disso, a interação com um cachorro, por exemplo, libera uma maior quantidade de ocitocina, substância conhecida como “hormônio do amor”.

As crianças se tornam mais empáticas

Um estudo de 2017 com 1000 crianças de 7 a 12 anos revelou que o apego a animais incentivava compaixão e atitudes positivas, o que promovia um melhor bem-estar para a criança. O estudo também concluiu que os cães podem ajudar as crianças a regularem melhor suas emoções. De forma geral, crianças com animais de estimação, seja qual for o animalzinho, aprendem a ter melhor controle de impulsos e desenvolvem suas habilidades sociais e a autoestima mais rapidamente.

 Animais ensinam responsabilidade

 Animais de estimação ensinam às crianças tudo sobre responsabilidade e quão difícil, mas necessário, é cuidar de outra vida. Por isso, ter um pet em casa ajudará as crianças a aprenderem a importância de tomar iniciativa, a priorizar escolhas e ensinar que elas precisam estar atentas às necessidades desse outro ser vivo que depende totalmente delas.

A ciência já provou que um bichinho de estimação tem o poder de contribuir para uma melhor qualidade de vida. Agora você já sabe que essa é uma escolha que fará você ter muitos momentos especiais e que também irá contribuir com a saúde da sua família!

Ligamos para você